Páginas

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Versos de amor

Procurava pela internet por um verso que explicasse o que eu estava sentindo. Encontrei vários, de amor, de paixão, de traição, mas nenhum que falasse tudo que estou sentindo agora.

Sentir-me desta forma novamente me alegra muito, pois descobri que posso gostar de alguém novamente. Toda vez que eu me encontro no desfecho de um relacionamento me sinto como se fosse a pior pessoa do mundo. Como se não fosse capaz de amar novamente, com medo deste sentimento que traz tanta alegria, mas que pode também causar tanta dor. Será que viverei com medo de senti-lo novamente?
Prefiro arriscar e viver, do que me esconder e não tentar, pois sempre me arrependo das coisas que eu poderia ter feito e não fiz! Me pergunto: Como me entregar a esse sentimento, abrir meu coração novamente?
É preciso enfrentar o medo, e não ter medo do amor. Todos os momentos bons acredito que compensem os momentos ruins que possam aparecer.
Estou amadurecendo, e aprendendo a cada passo que dou. Procuro não cometer os mesmos erros do passado. Procuro aprender coisas novas, na tentativa de melhorar sempre.

Agora depois de escrever um pouco, me veio um verso a cabeça. Vou tentar encontrá-lo pois não me recordo de tudo que está escrito em suas estrofes...

Encontrei, aí vai: (muito conhecido por sinal, e que fala tanto, em poucas palavras)



SONETO DA FIDELIDADE


Vinícius de Morais

De tudo, meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor ( que tive ) :
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Diadema, São Paulo, Brazil
quem sou eu para falar de mim? A pessoa que melhor me conhece, portanto poderia falar muito, mas vou deixar que este teste de personalidade fale por mim: Características desta pessoa: Sua ética é implacável e ela exige dos outros o mesmo comprometimento. Por isto ela é sempre procurada quando se precisa de pessoas confiáveis e comprometidas. Como é muito amistosa e com iniciativa para alcançar resultados e possui grande capacidade de influência, dificilmente corre de um desafio perdendo pela falta de seletividade e assumindo mais do que deveria. É participativa, auto-confiante, inquisitiva, imaginativa, factual, consistente e um tanto quanto convencional e auto-disciplinada. Atividade, mobilidade, flexibilidade, variedade e ritmo deverão ser, também, características desta pessoa.

Arquivo do blog